Seleção Brasileira masculina conhece o caminho para Tóquio 2020

A Seleção Brasileira de basquete tinha grandes esperanças de conquistar no Mundial deste ano uma das vagas nas Olimpíadas de Tóquio no ano que vem, e mesmo com uma grande campanha a vaga acabou escapando pelos dedos. Agora, tanto no Masculino quanto no Feminino o Brasil precisará passar por torneios pré-olímpicos em busca da classificação, com pedreira para os homens e um caminho um pouco mais tranquilo para as mulheres.

A Seleção Brasileira masculina de basquete não teve um sorteio ruim para esta fase pré-olímpica, mas irá com certeza sofrer com a forma de disputa de uma das quatro vagas restantes: as 24 seleções restantes foram divididas e quatro chaves com seis equipes cada, e dentro de cada uma das chaves novamente divididas em 2 grupos de 3.

Os dois melhores colocados de cada grupo avançam para semifinais e final, e apenas o campeão de cada uma das sedes se garante em Tóquio.

Ironicamente, o Brasil irá para a Croácia, a terra do treinador Aleksandar Petrovic. O Brasil enfrenta entre os dias 26 e 28 de junho de 2020 a Croácia e a Tunísia. Caso vença irá enfrentar os dois melhores colocados entre Alemanha, Rússia e México.

O técnico Petrovic apesar de enfrentar o seu país comemorou o sorteio, além de ficar feliz por não cair no grupo de Belgrado, na Sérvia:

– “Não entremos no grupo da Sérvia e essa era a minha preocupação inicial. Jogar contra a Sérvia, em Belgrado, é uma missão quase impossível. É uma coisa boa não jogarmos lá. Eu tenho muita experiência de jogar esses torneios pré-olímpicos. Não é tão importante olhar quem vamos enfrentar, mas sim focar na nossa equipe. É um torneio muito curto, de uma preparação muito curta e não podemos nos equivocar na forma de jogar. Brasil tem a chance de ganhar esse torneio em Split”.

Já estão garantidos em Tóquio além do Japão, por ser o país sede, a Austrália por ser a melhor seleção da Oceania na Copa do mundo, a Nigéria que foi a melhor africana, o Irã por ter sido o melhor asiático além de Estados Unidos e Argentina pelas Américas e Espanha e França pela Europa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *