Começa a era de Russell Westbrook em Houston

O mercado de Free Agency da NBA pegou fogo neste ano e uma das maiores trocas do período acabou reunindo dois ex-companheiros, já que Russell Westbrook foi trocado pelo Oklahoma City Thunder com o Houston Rockets, onde encontrará com seu antigo parceiro James Harden.

Esta ida de Russell Westbrook para Houston aconteceu graças a uma troca entre as duas equipes, que além de Westbrook no Houston levou para Oklahoma Chris Paul, além de duas escolhas de primeira rodada nos drafts de 2024 e 2026 além de duas trocas nos drafts de 2021 e 2025.

Enquanto James Harden deixou o Oklahoma City Thunder em 2012, Russell Westbrook acabou ficando por lá e vendo seus principais companheiros deixarem a cidade em busca de novos projetos e de títulos na NBA. Nomes como Kevin Durant e Serge Ibaka saíram de lá e conquistaram a NBA por Golden State Warriors e Toronto Raptors respectivamente.

Agora, Harden e Westbrook se reunião no Texas em busca de um título inédito para ambos. Westbrook teve em sua última temporada médias de 22.9 pontos, 11.1 rebotes e 10.7 assistências por jogo, e segundo ele mesmo não será difícil adequar o seu estilo de jogo ao de James Harden:

– Somos amigos há muitos anos. Jogamos juntos no Oklahoma City, e agora temos a ciência de que para vencer precisaremos sacrificar alguns aspectos do nosso jogo. Nós dois entendemos que temos um objetivo em comum, que é conquistar um título. Não preciso ter sempre a bola para ter impacto no jogo. Posso fazer outras coisas em quadra se isso for necessário para que a gente ganhe o título.

Para Russell Westbrook, que fez uma despedida emocionada de Oklahoma no início do mês, a maior diferença que encontrará no Texas será a temperatura, e na sua primeira entrevista como jogador do Houston Rockets já fez questão de deixar isso claro ao dizer para a imprensa que Houston é “Quente pra caramba, só te digo isso” quando perguntado sobre o que achou da cidade.

Além de Westbrook e Harden o Houston Rockets contará com Clint Capella para formar um dos trios de maior potencial da próxima temporada da NBA.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *