Brasil se classifica para a segunda fase das Eliminatórias para o Mundial

Bicampeão Mundial de Basquete nos anos de 1959 e 1963, o Brasil luta com todas as suas forças para tentar voltar a brilhar em cenário internacional. A seleção nacional, que agora é treinada pelo croata Aleksandar Petkovic tenta encerrar o jejum de não chegar ao Top 4 desde 1986 e está na disputa das eliminatórias para o mundial do ano que vem, que será disputado na China.

Para o Mundial de Basquete da China em 2019 serão classificadas 32 seleções e apenas a China por ser o país sede já está classificado para a disputa. AS vagas serão separadas da seguinte maneira: 12 vagas para a Europa, 5 vagas para a África, 7 vagas para a Ásia junto com a Oceania e mais 7 vagas para as Américas.

Neste ano em um formato muito parecido com o futebol as equipes estão disputando as eliminatórias com um formato parecido com as Eliminatórias para a Copa do Mundo da FIFA de futebol, em janelas de convocações.

Porém, ao contrário do que a FIFA faz no futebol a FIBA não conseguiu liberar os jogadores em todas as datas para representar as suas seleções, o que significa que apenas nas janelas de junho e setembro de 2018 quando tanto a NBA quanto a Euroliga estarão de férias os atletas de suas equipes poderão representar as suas seleções.

O Brasil consegue até aqui fazer uma boa campanha e já está classificado para a segunda fase, onde irá enfrentar seleções que não enfrentou até aqui: Canadá, República Dominicana e Ilhas Virgens.

Nesta primeira fase o Brasil conseguiu vencer quase todos os seus adversários, fechando a campanha com 5 vitórias e apenas uma derrota contra a Venezuela.

Para a próxima fase das Eliminatórias das Américas os resultados da primeira fase serão mantidos e os 3 primeiros de cada chave garantem a vaga diretamente para o Mundial da China no ano que vem.

Vale lembrar que o Mundial da China é a única maneira do Brasil poder disputar os Jogos Olímpicos de 2020 em Tóquio, já que as duas melhores equipes das Américas classificadas no Mundial irão conseguir a vaga nas olimpíadas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *