Drake vira um problema para a NBA

O Toronto Raptors chegou nesta temporada às finais da NBA pela primeira vez em sua história. Motivo de festa para toda a sua torcida, incluindo o torcedor mais ilustre da franquia, o rapper canadense Drake.

Porém, o jeito provocador do cantor foi motivo de preocupação para a liga antes mesmo da primeira partida das finais da NBA, fato que levou a liga a realizar uma reunião de portas fechadas com os dirigentes da franquia canadense.

Drake é torcedor fanático e embaixador mundial do Toronto Raptors, além de amigos dos jogadores e de possuir acesso ilimitado ao time. Tanto que foi flagrado nos vestiários da equipe logo após a classificação para as finais e o título da Conferência Leste da NBA.

Vale lembrar que o comportamento de Drake não é uma novidade da temporada 2018-19 da NBA. No ano passado ele já protagonizou uma confusão nas semifinais da Conferência Leste ao provocar o jogador Kendrick Perkins do Cleveland Cavaliers, e os dois não chegaram às vias de fato apenas por que foram separados antes disso.

Porém, a primeira partida das finais mostrou que apenas uma bronca não foi o suficiente para frear Drake, que tem cadeiras no meio da quadra e foi o centro de novas discussões, como quando mexeu no cabelo de Stephen Curry ou na troca de ofensas com Draymond Green.

Adam Silver, comissário da NBA, comentou a situação em uma entrevista recente:

– “Acho que no caso do Drake, como mencionei anteriormente, a gente certamente admira ele como um super fã, e sabemos que ele é amado em Toronto. Mas, ao mesmo tempo, acho que existem limites que não deveriam ser ultrapassados. A gente conversou diretamente com o Drake e o empresário, então acho que estamos de acordo”.

Pelo que foi possível ver na primeira partida das finais contra Golden State Warriors isso não surtiu nenhum efeito, embora Normam Powell do Toronto Raptors não veja problemas na atitude do cantor:

– “Eu gosto do que ele está fazendo nos jogos, é engraçado! Algumas pessoas reclamam, acham chato, mas o Drake não está quebrando as regras, não está desrespeitando ninguém. Ele está se divertindo e faz tudo o que qualquer torcedor faria. O único problema é que ele está dentro da quadra, então a câmera mostra tudo o que ele faz. Também, claro, porque ele é o Drake”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *