Minas anuncia a renovação com Leandrinho

A equipe do Minas fazia grande temporada no NBB 11, quando a temporada foi suspensa e posteriormente cancelada por conta da pandemia do novo Coronavírus. Agora, com a previsão de uma nova temporada para ter início na segunda quinzena do mês de novembro o time vai montando uma nova equipe com rostos novatos e outros velhos conhecidos da torcida, como é o caso do ala-armador Leandrinho que aos 37 anos renovou o seu contrato e irá para seu terceiro ano com a camisa mineira.

Leandrinho chegou ao Minas no meio da temporada 2018-19 e fazia no ano passado a sua primeira temporada completa com a camisa do Minas tendo muito sucesso na equipe. O ala-armador com currículo extenso na NBA conseguiu somar em 22 partidas um total de 442 pontos, média de 20 pontos por partida. Além disso, trazia também números expressivos de média de 4,9 assistências e 4,2 rebotes por partida.

O técnico do Minas Léo Costa comentou sobre a sua felicidade com a renovação de Leandrinho:

– “A continuidade do Leandrinho na equipe é fundamental para o nosso projeto e para as nossas ambições. É um jogar que dispensa comentários pela qualidade técnica. Em minha opinião, ele vem da melhor temporada dele no Brasil, neste último NBB. Leandrinho é uma referência para a equipe, tanto na parte ofensiva quanto de postura, pela experiência que carrega de anos na NBA e na seleção brasileira. Conto com ele nesse processo e que a gente construa uma temporada maravilhosa”.

Leandrinho Barbosa está atualmente com 37 anos e iniciou a sua carreira no Palmeiras em 1999. Passou ainda pelo Bauru antes de ser draftado pelo San Antonio Spurs em 2003 e ser imediatamente trocado com o Phoenix Suns. Teve passagens de destaque ainda por Toronto Raptors, Indiana Pacers, Boston Celtics e Golden State Warriors, onde conseguiu o título da NBA na temporada 2014-15.

Além da renovação de Leandrinho o Minas também anunciou que renovou o contrato do armador Davi Rosseto, além de contratar o pivô JP Batista, o armador uruguaio Luciano Parodi, o ala-pivô bahamense David Nesbitt que estava no Corinthians e o ala-armador norte-americano David Jackson.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *