NBA não tem jogadores infectados com a Covid-19 em bateria de testes

A NBA realizou um dia antes do Natal a sua última janela de testes contra a Covid-19 e mostrou um ótimo resultado para quem tinha dúvidas nesse início de liga: dos 495 jogadores testados nenhum recebeu resultado positivo do seu teste, o que mostra uma queda acentuada nos resultados em comparação às ultimas baterias de testes.

Na última bateria de testes realizadas pela NBA dois atletas haviam testado positivo para a Covid-19, contra um caso confirmado na bateria de testes realizados no dia 10 de dezembro e nada menos do que 48 jogadores infectados no dia 2 de dezembro, apenas 20 dias antes do início da nova temporada.

A notícia é boa para todas as franquias, já que ninguém terá desfalques por conta disso pelo menos pelos próximos 12 dias. Segundo os protocolos contra a Covid-19 qualquer jogador ou membro de equipe que apresentar um teste positivo terá que se isolar até ser liberado para jogo.

As regras foram estabelecidas pela NBA e pela NBPA, a associação dos jogadores, de acordo com as orientações passadas pelo Centro de Controle e Prevenção de Doenças dos Estados Unidos, o CDC.

O jogador que testar positivo será afastado pelo período mínimo de 10 dias  antes de ser liberado, e após essa liberação ainda precisará passar mais 2 dias treinando sozinho, sem interagir com nenhum companheiro de equipe e ainda tendo que usar máscara e ter acompanhamento médico.

Com seus jogadores todos à disposição nesse início de temporada o Los Angeles Lakers vem fazendo boas partidas e se consolidando como o maior favorito para ficar com o título também nessa temporada segundo o site de apostas esportivas betboo.

O site traz a franquia de Los Angeles como a grande favorita para ficar com o título com o retorno de apenas R$ 3,50 a cada R$ apostado no time de LeBron James, Anthony Davis e companhia.

O começo de temporada ainda mostra as demais equipes bastante emboladas na luta pelo título, tanto que temos um empate triplo nas equipes que ocupam a posição de segundo maior favorito para levar o anel de campeão para a sua respectiva cidade.

Brooklyn Nets, Los Angeles Clippers e Milwaukee Bucks trazem o retorno de R$ 7 cada em caso de título, bem distante do terceiro colocado, o Boston Celtics, que traz o retorno de R$ 15.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *