NBB 11 começa no dia 13 de outubro

Com diversas novidades e 14 equipes em busca do título, começa no dia 13 de outubro o NBB 11, a décima primeira temporada da competição que com toda certeza mudou a cara do basquete nacional e trouxe muito mais profissionalismo para o esporte no Brasil.

O regulamento desta temporada do NBB 11 será praticamente igual ao regulamento das temporadas passadas, com os quatro primeiros classificados após turno e returno passando diretamente para as quartas de final, do quinto ao décimo segundo lugar passando para as oitavas de final e o décimo quarto e último colocado sendo rebaixado para a Liga Ouro do ano que vem.

Uma das grandes novidades para a nova temporada do Novo Basquete Brasil é a volta do tricampeão Brasília para a competição, que foi possível após o final da parceria da franquia do Universo com o Vitória da Bahia.

Com isso, a nova parceria entre Universo e Brasília já chega à Liga com expectativa de chegar pelo menos até os playoffs, tendo contratado André Germano, ex-assistente de Bauru, para o cargo de técnico e trazido nomes como o porto-riquenho Ricky Sanchez, Nezinho e Arthur.

Neste ano o NBB 11 também marcará o retorno do Corinthians à principal competição do basquete nacional, após a equipe ter conquistado no ano passado a Liga Ouro.

Outra grande novidade do NBB 11 já no primeiro dia de disputas será a transmissão em TV aberta pela Rede Bandeirantes para todo o Brasil. Apesar de já ter transmitido a liga na temporada passada a novidade é que neste ano pela primeira vez teremos uma rodada dupla em TV aberta.

No dia 13 de outubro a transmissão começa às 13h30 com a partida entre Paulistano e Mogi, que decidiram o NBB 10 na última temporada. Logo na sequência é a vez de Brasília receber o Vasco.

Assim como nas últimas temporadas o Flamengo abre a competição como um dos grandes favoritos para ficar com o título, assim como o Mogi que ainda luta por seu primeiro título e na temporada passada acabou com o vice-campeonato.

Neste ano Mogi chega muito modificado para a disputa, já que perdeu dois dos seus destaques nos últimos anos, os norte-americanos Larry Taylor e Tyrone.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *