Oklahoma City Thunder renova com sua base para 2018

A equipe do Oklahoma City Thunder foi uma das que mais investiu em reforços antes do início da última temporada e tentou formar um novo “Big Three” trazendo Carmelo Anthony e Paul George para tentar fazer um conjunto vencedor com Russell Westbrook. O resultado, como todos vimos, não foi o que a franquia esperava e para o próximo ano esta base será mantida, com comemoração por conta de um dos jogadores e muita lamentação pelo fato da outra renovação.

Não é segredo para ninguém que o time de Oklahoma não queria manter Carmelo Anthony em seu elenco. Afinal, o jogador de 34 anos não “deu liga” em seu novo time e passou longe de mostrar o mesmo basquete que o consagrou quando ainda era jogador do New York Knicks e pior do que isso: teve ainda pioradas as suas características negativas como a sua péssima atuação defensiva e a falta de criatividade no ataque.

Porém, o jogador comunicou o time que irá ativar a sua cláusula de renovação, ficando na equipe por mais um ano e custando US$ 27,9 milhões, valor este que pode fazer muita falta no teto salarial da franquia.

Se a renovação de Carmelo Anthony é “lamentada” pelos torcedores, uma renovação foi muito comemorada no último sábado apenas hora depois da abertura do mercado dos Free Agents.

Paul George era o alvo principal do Los Angeles Lakers e já havia informado que iria testar o mercado nesta temporada abrindo mão da sua cláusula de renovação, mas acabou aceitando uma proposta de renovação da equipe e vai seguir no Oklahoma City Thunder por pelo menos mais uma temporada.

Esta não deixa de ser uma notícia surpreendente já que todas as notícias davam conta de que Paul George era um dos principais nomes na lista do Lakers justamente para poder atrair LeBron James para a Califórnia, e mesmo sem PG, James acabou assinando com a equipe.

Resta saber agora quais serão os reforços Sam Presti irá trazer para a franquia neste ano e se poderá continuar sendo chamado de gênios dos drafts e trocas após a sua atuação no mercado deste ano.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *