Shamell acusado de doping

A excelente campanha do Mogi das Cruzes no NBB 10 teve final apenas no último sábado, quando a equipe perdeu jogando em casa no ginásio Hugo Ramos o jogo 4 das finais contra o Paulistano por 82 a 76 e acabou ficando com o vice-campeonato do torneio na maior e melhor campanha do time em todos os anos. Porém, nem mesmo acabou a campanha no Novo Basquete Brasil e o time já teve os seus bastidores agitados por conta de seu maior astro, o ala norte-americano Shamell Stallworth que enfrenta uma acusação de doping.

Shamell apesar de norte-americano fez a sua carreira quase completamente jogando no Brasil. Veio para o Araraquara em 2004 e no mesmo ano se transferiu para Araraquara após passar por quatro anos jogando na NCAA pela universidade de San Francisco, e após não ter sucesso no draft da NBA veio para cá por influência de amigos conhecidos por lá, como por exemplo Leandrinho.

O ala chegou ao Mogi das Cruzes/Helbor em 2014 e desde então é a maior referência de sua equipe, incluindo na campanha deste ano onde o clube conseguiu o vice-campeonato em duas das três competições que disputou, tanto o NBB quanto a Liga das Américas. Porém, no dia 18 de fevereiro deste ano acabou sendo surpreendido no exame antidoping por uso de betametasona.

O Mogi já se manifestou sobre a questão, dizendo que a substância foi utilizada por indicação do clube para o tratamento de uma lesão no ombro do atleta, que inclusive não entrou em quadra para esta partida por conta desta lesão.

A Liga Nacional de Basquete também já se manifestou sobre a não punição ao atleta e a divulgação apenas agora ao final da competição, já que cabe apenas às agências de controle antidopagem, como a Autoridade Brasileira de Controle de Dopagem (ABCD) e a WADA a aplicação de penas nestes casos.

Enquanto não vê a resolução para este caso, o atleta reitera o seu profissionalismo e honestidade, além de negociar junto com o técnico Guerrinha a permanência de ambos em Mogi das Cruzes para a próxima temporada do basquete nacional.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *